Secretaria de Saúde

Em Iúna, todos no combate ao mosquito aedes aegypti

Equipe da Vigilância Ambiental reforça orientações e convoca população a destruir focos do mosquito que transmite dengue, chikungunya e zika vírus

957

Por Assessoria de Comunicação, fonte Secretaria de Saúde
Publicado em 08/12/2015 as 19:01  •  atualizado há 1 segundo

Combater os focos de proliferação do aedes aegypti, mosquito responsável pela transmissão de doenças graves como dengue, chikungunya e zika vírus, é a meta da equipe de Vigilância Ambiental, da Secretaria Municipal de Saúde, que convoca a população de Iúna para receber os agentes e também atuar no controle, vistorias e eliminação dos criadouros do mosquito.

Nos últimos seis meses, Iúna não registrou casos das doenças, mas, de acordo com o agente de Controle de Endemias, Danilo Leite Lima Alonso, o município possui muitos focos do mosquito, em especial no distrito de Laranja da Terra.

“Ainda não há casos de pessoas que contraíram dengue, chikungunya ou zika vírus no município, mas isso não significa que não temos pessoas infectadas porque elas viajam e voltam com a doença, podendo se tornarem reservatórios. Por isso, é importante que todos os moradores sejam vigilantes quanto à limpeza de suas casas e quintais e que eliminem objetos que possam acumular água, e deixem os agentes entrarem nas casas, pois além de combaterem as larvas eles orientam os moradores sobre como erradicar os focos do mosquito”, destacou Danilo.

Os agentes de endemias de Iúna realizam visitas domiciliares durante todo o ano, na cidade e na zona rural. E este período de chuvas é propício para a proliferação do mosquito. Por isso, é importante que as pessoas reforcem as ações para eliminar criadouros no quintal de casa ou em terrenos baldios. As medidas incluem, por exemplo, verificar se a caixa d’água está bem fechada, não acumular vasilhames no quintal, verificar se as calhas não estão entupidas e colocar areia nos pratos dos vasos de planta.

Zika Vírus

Sobre o zika vírus, doença que vem alarmando toda a população brasileira, o agente de Controle de Endemias, Danilo Leite Lima Alonso, lembrou que a incidência dessa doença no Brasil deve ser vista com muita seriedade.

“Os primeiros registros foram em abril deste ano e, segundo o Ministério da Saúde, o efeito mais grave é a deformidade do cérebro de bebês em gestação. E esse vírus tem sintomas comuns, como coceira na pele e febre, que se confundem com as de outras doenças. Por isso, sentindo qualquer desses sintomas é importante que a pessoa procure logo uma unidade de saúde para investigar”, alertou Danilo.

A equipe do setor de Vigilância Ambiental vem participando das reuniões e capacitações promovidas pelo Governo do Estado especificamente pra tratar o combate ao zika vírus.

“Estamos participando das ações da superintendência regional de saúde e do Governo do Estado e estamos por dentro de todos os protocolos relacionados a nova doença zika vírus. Nossos agentes continuam realizando as visitas às casas, mas precisamos da ajuda de toda a população pra combater o mosquito”, comentou a coordenadora de Vigilância em Saúde, Lizandra Coelho Nunes.

Faça a sua parte!

A população também pode fazer a sua parte caso detecte possíveis focos do mosquito em terrenos baldios vizinhos ou outros locais suspeitos, por meio do telefone (28) 3545-3106. A Vigilância Ambiental de Iúna funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h, e das 13h às 17h.

Números

Até o momento, o Espírito Santo registrou 252 casos suspeitos de infecção pelo zika vírus, sendo cinco confirmados laboratorialmente (04 em Vitória e 01 em Vila Velha). O Estado tem ainda 14 bebês, entre nascidos e em gestação, diagnosticados com microcefalia, mas ainda sem confirmação de relação com o zika vírus.

Fotos

Em Iúna, todos no combate ao mosquito aedes aegypti

Combate ao mosquito aedes aegypti

https://iuna.es.gov.br/noticia/2015/12/em-iuna-todos-no-combate-ao-mosquito-aedes-aegypti.html

Publicações relacionadas

Noticia Prefeitura usa carro fumacê para ajudar no combate aos mosquitos A iniciativa busca atender aos pedidos de moradores, que relataram incômodo causado pelos insetos. há 9 dias  •  Secretaria de Saúde

Noticia Prefeitura de Iúna realiza ações contra o mosquito transmissor da Dengue A Secretaria Municipal de Saúde continua realizando diversas ações contra o mosquito Aedes Aegypti transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. há 19 dias  •  Secretaria de Saúde

Noticia Secretaria de Saúde realiza o "Novembro Azul" Eventos de prevenção e conscientização acontecem ao longo do mês de novembro nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). há 20 dias  •  Secretaria de Saúde

Noticia Carreta Roda-Hans: Iúna recebe projeto de Combate à Hanseníase  há 1 mês  •  Secretaria de Saúde

Noticia Secretaria de Saúde realiza dia "D" da Campanha de vacinação contra o Sarampo e Campanha do Outubro Rosa Evento ocorreu nesse sábado (19) na praça do ginásio de esportes. há 1 mês  •  Secretaria de Saúde

Noticia Dia D da Campanha Outubro Rosa 2019  há 1 mês  •  Secretaria de Saúde

Noticia Secretaria de Saúde presta contas em Audiência Pública  há 2 meses  •  Secretaria de Saúde

Noticia Iúna realiza treinamento sobre tratamento contra a Leishmaniose para os municípios da Regional Sul Técnicos de vários municípios da regional sul recebem treinamento acerca das formas de diagnóstico e tratamento da doença. há 2 meses  •  Secretaria de Saúde

Noticia Campanha Setembro Amarelo em Iúna incentiva a valorização da vida A Campanha Setembro Amarelo tem o objetivo de quebrar o preconceito em relação às doenças psiquiátricas, com pessoas que estão sofrendo devido a problemas mentais, principalmente a depressão. há 2 meses  •  Secretaria de Saúde

Noticia Secretaria de Saúde adquire veículo para transporte de pacientes O veículo é um Chevrolet Spin 7 lugares há 3 meses  •  Secretaria de Saúde

Aguarde, enviando dados!

clear