Secretaria de Cultura Esporte e Turismo

Além dos muros da escola: turismo e café de qualidade no roteiro dos estudantes de Irupi

Professores e estudantes da Escola Bernardo Horta conheceram de perto empreendimentos turísticos de Iúna com foco nos que investem em cafés de qualidade.

star496

Por Assessoria de Comunicação, fonte Escola Bernardo Horta
Publicado em 30/05/2019 as 13:59  •  atualizado há 5 horas

Como principal cultura agrícola da região do Caparaó Capixaba, o café arábica está sempre na pauta de estudos e também de lazer dos estudantes da Escola Bernardo Horta, localizada em Irupi. Na última semana, entre os dias 22 e 24 de maio, aproximadamente 80 estudantes e professores visitaram o Café do Príncipe e o Paiol da Bel, propriedades rurais de Iúna e Irupi que beneficiam cafés de qualidade, para conhecerem de perto o processo produtivo e também conhecerem os atrativos naturais e turísticos da região e que fazem parte do Circuito turístico Serras, Águas e Cafezais.

No Café do Príncipe, a turma de estudantes do Ensino Médio comemorou o dia do Café (23 de maio) conferindo o passo a passo para se obter um café premiado. O diretor de Turismo de Iúna, Cristiano Ricarte, acompanhou a turma durante o roteiro, que contou com visita à lavoura, teste sensorial dos grãos, degustação e muita conversa para tirar dúvidas, além de conhecerem a propriedade centenária da família Hosrth, no distrito de São João do Príncipe.

“É uma iniciativa louvável dos educadores da Escola Bernardo Horta, pois os jovens se mantêm informados sobre as atividades cafeicultoras da nossa região e conhecem de fato o que os empreendedores estão realizando para melhorarem sua produção e ampliarem seus negócios, com o turismo, por exemplo. Trabalhos como este são muito importantes para valorizarmos nossos produtores e também incentivarmos os jovens a se desenvolverem no campo”, analisou Cristiano Ricarte.

Já a turma do Ensino Fundamental visitou a cafeteria Paiol da Bel, localizada na ES 185, em Irupi, onde provaram petiscos da roça, bolos, sucos naturais e degustaram o Café Serra Valentim. Ainda no roteiro, eles conheceram o restaurante Casarão dos Lagos, fizeram doações de alimentos ao Lar dos Velhinhos do Caparaó e também conheceram o histórico Santuário de Santa Luzia (Água Santa).

A iniciativa faz parte do projeto “Passe Livre”, desenvolvido na Escola Bernardo Horta e que beneficia os estudantes que passam (sem recuperação) em todas as disciplinas do trimestre. Eles recebem o “passe” para fazerem passeios organizados pelos professores de cada área de conhecimento, por quatro dias. Nesse período, os demais estudantes se concentram nas recuperações trimestrais na escola. 

Fotos

Além dos muros da escola: turismo e café de qualidade no roteiro dos estudantes de Irupi

 

 

 

 

 

 

https://w3go.me/cbj9m

Publicações relacionadas

Aguarde, enviando dados!

clear