banner e-sic
find_in_page
Nenhum registro encontrado

Controladoria Municipal

Controladoria Municipal

Criada no município de Iúna através da Lei Municipal 2.409/12.

A institucionalização e implementação do Sistema de Controle Interno não é somente uma exigência das Constituições Federal e Estadual, mas também uma oportunidade para dotar a administração pública de mecanismos que assegurem, entre outros aspectos, o cumprimento das exigências legais, a proteção de seu patrimônio e a otimização na aplicação dos recursos públicos, garantindo maior tranqüilidade aos gestores e melhores resultados à sociedade.

As atividades de controle interno se somam às do controle externo, exercidas pelo Poder Legislativo e pelo Tribunal de Contas, no processo de fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial.

A implementação de mecanismos de controle deve ser planejada, sob a orientação técnica da unidade que atuará como órgão central do Sistema de Controle Interno. O objetivo fundamental é dotar as unidades gestoras de elementos básicos para a estruturação das atividades de controle interno, orientando o desenvolvimento do Manual de Rotinas e Procedimentos de Controle, através das Instruções Normativas.

A solução para a organização do Sistema de Controle Interno não significa apenas aprovar lei em sentido formal, mas, sobretudo, entender a finalidade dos controles internos e visualizar a Administração de forma sistêmica, como um todo, em todos os seus processos. Entender os motivos para a organização dos controles é tão importante quanto editar leis. Assim, constituir um Sistema de Controle Interno eficiente significa organizar o funcionamento dos processos inerentes à gestão pública de forma a evitar erros, fraudes e desperdícios.

O controle interno se bem estruturado e ativo, certamente auxiliará o gestor, possibilitando-lhe uma visão, das mais variadas situações que envolvem a administração. É um instrumento eficaz no combate à corrupção.

Controlador Municipal

Antonio Gonçalves Junior

Antonio Gonçalves Junior

SUPLENTES

  • Antonio Gonçalves Junior

    Não InformadoGRACIELY SILVA DE SOUZA

Organograma

Visualize a estrutura organizacional do órgão

e-SIC

Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão

A Lei de Acesso à Informação foi criada para regulamentar o direito constitucional de acesso dos brasileiros às informações públicas. O Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC) permite que qualquer pessoa, física ou jurídica, encaminhe pedidos de acesso à informação. Também é possível acompanhar o prazo pelo número de protocolo gerado e receber a resposta da solicitação por e-mail, entrar com recursos, apresentar reclamações em caso de demora na resposta e consultar as respostas recebidas. O objetivo é facilitar o exercício do direito de acesso à informação pública.

RESPONSÁVEL PELA RESPOSTA

Responsável por responder os pedidos de informação.

GRACIELY SILVA DE SOUZA

GRACIELY SILVA DE SOUZA

gracielyph@hotmail.com

AUTORIDADE SUPERIOR

Responsável por responder os recursos em 1ª instância.

GRACIELY SILVA DE SOUZA

Antonio Gonçalves Junior

antoniojunior@gmail.com

AUTORIDADE MÁXIMA

Responsável por responder os recursos em 2ª instância.

GRACIELY SILVA DE SOUZA

Antonio Gonçalves Junior

antoniojunior@gmail.com

AUTORIDADE DE MONITORAMENTO

Ocupa o papel central no monitoramento, implementação e orientação com relação ao cumprimento dos dispositivos da Lei de Acesso à Informação. Responsável por responder as reclamações.

GRACIELY SILVA DE SOUZA

Antonio Gonçalves Junior

antoniojunior@gmail.com

Aguarde, enviando dados!

clear